EXAMES

O instituto de Ritmologia Cardíaca esta preparado para atendê-lo na área das arritmias cardíacas. Através de série de métodos diagnósticos que se extende desde a consulta médica especializada até a avaliação invasiva das arritmias cardíacas podemos avaliar e sugerir tratamento médico mais apropriado para seu caso, seguindo as recomendações nacionais e internacionais na área de eletrofisiologia cardíaca e estimulação cardíaca artificial

 

Somos comprometidos à excelência quando se trata do nível de assistência oferecida.

Fibrilação atrial é arritmia mais frequentemente diagnosticada e o tratamento ainda é desafiador. A ablação da fibrilação atrial através de cateter irrigado e mapeamento eletroanatômico é indicado para pacientes que apresentam falhas ou efeitos colaterais aos medicamentos.

Ablação de Fibrilação Atrial

Ablação por cateter é o procedimento realizado através de um cateter especial, que permite a liberação de uma energia chamada radiofrequência. Esta energia provoca uma espécia de cauterização dos focos de arritmias, podendo curar a grande maioria das arritmias cardíacas.

Ablação por Cateter

Exame que deve ser feito apenas por médicos especialistas da área de estimulação cardíaca artificial. Através de programadores específicos, pode-se avaliar e fazer ajustes nos marcapassos, desfibriladores e ressincronizadores cardiacos.

Avaliação de Marcapassos

Consultas especializadas realizadas por profissionais com ampla experiência em avaliação e tratamento de arritmias cardíacas.

Estudo Eletrofisiológico

Exame realizado em ambiente hospitalar onde através de acesso venosos (geralmente virilha direita) são inseridos cateteres especiais dentro do coração que através deles são captados registros elétricos do coração. Além disso eles podem estimular o coração com a finalidade de induzir e avaliar arritmias cardíacas.

Consultas em Arritmias

Tratamento realizado através de uma pequena cirurgia por onde são inseridos eletrodos no coração e um gerador de estimulação cardíaca artificial que fica em baixo da pele na região torácica. Basicamente o marcapasso serve para tratar os ritmos lentos do coração, o desfibrilador para tratar as arritmias potencialmente com risco de morte e o ressincronizador para tratar os pacientes portadores de insuficiência cardíaca

Implante de MP, CDI e TRC
Monitoramento Remoto de 
Marcapassos

Acompanhamento remoto e contínuo de pacientes portadores de marcapasso, através de dispositivos e software específico é possível acompanhar diariamente todos os parâmetros e alertas contidos nas próteses de estimulação cardíaca artificial, podendo alertar o médico de situações potencialmente graves.